Prefeitura de Caraguatatuba abre Consulta Pública sobre as aulas presenciais

A Prefeitura de Caraguatatuba, por meio da Secretaria Municipal de Educação, abriu nesta terça-feira (11/08), uma consulta pública para que pais, responsáveis, comunidade e profissionais da área possam opinar sobre o retorno das aulas presenciais.

A retomada não tem data prevista e o objetivo da administração municipal é ouvir os envolvidos e assegurar a saúde e segurança de crianças e profissionais.

O prefeito Aguilar Junior ressalta que não há data definida para o retorno às aulas presenciais em Caraguatatuba. “Criamos um comitê com vários representantes de segmentos da comunidade escolar para discutir protocolos a serem adotados. Também chamamos para compô-lo, representantes dos colégios particulares. Mesmo que não haja a volta às aulas de forma presencial, precisamos nos preparar para quando isso acontecer. As aulas só voltarão quando tivermos a segurança necessária para todos”, disse o prefeito.

Para responder à consulta, o interessado deverá acessar o site oficial da Prefeitura no endereço www.caraguatatuba.sp.gov.brSão dois tipos de questionários disponíveis: Pais e responsáveis https://bit.ly/consultapublicaresponsaveis ou Funcionário Público https://bit.ly/consultapublicafuncionario.

O usuário deve preencher os dados, responder pesquisa e clicar em salvar para que a resposta seja computada. Só é possível responder uma única vez por CPF e o prazo final para opinar é até dia 21 de agosto.

“Vamos ouvir os envolvidos e analisar o cenário do nosso município, sempre com o objetivo de preservar saúde de nossos alunos, funcionários e também dos familiares. A volta às aulas será um grande desafio”, diz a secretária municipal de Educação, Márcia Paiva.

A rede municipal de ensino é responsável pelo atendimento de mais de 20 mil estudantes em 56 unidades, sendo 52 escolas, duas creches conveniadas e dois Centros Integrados de Ações Socioeducativas (CIASE). Atualmente, a Secretaria de Educação conta com uma complexa estrutura composta por mais de 2,8 mil servidores públicos.

Neste período de pandemia, os alunos da rede municipal de ensino estão participando de atividades on-line e os professores estão dando o suporte para alunos de acordo com o estabelecido por unidade, adequando a realidade de cada comunidade escolar, podendo ser por meio de redes sociais, grupos de trabalho criados em aplicativos (WhatsApp/telegram), e-mails, reuniões virtuais e disponibilização de material impresso caso o aluno não possua acesso virtual.