Solidariedade: Caraguá inicia entrega do kit de auxílio alimentar aos trabalhadores autônomos com cadastro no 156

A Prefeitura de Caraguatatuba já iniciou o cadastramento dos profissionais autônomos que necessitam do auxílio alimentar, em decorrência da pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

A solicitação é realizada pela Central de Relacionamento 156, por meio de telefone, site e aplicativo. Desde segunda-feira (6/4), cerca de 1,2 mil cadastros foram realizados.

A distribuição do auxílio será acompanhada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social e Cidadania. A entrega foi iniciada na tarde dessa quarta-feira (8/4), de forma centralizada no Banco de Alimentos e seguirá no local até quinta-feira (9/4).

A partir da próxima segunda-feira (13/4), a distribuição será descentralizada nas escolas, em várias regiões da cidade.

Importante destacar que as pessoas não procurem os Centros de Referência de Assistência Social (Cras). Os trabalhadores devem aguardar a resposta da equipe da Central de Relacionamento 156, que irão retornar com dia e o local para retirada.

A Prefeitura segue as orientações do Ministério da Saúde, para evitar aglomerações de pessoas, em prevenção ao Covid-19.

Beneficio – será concedido aos trabalhadores atingidos pela situação de emergência e de calamidade pública decretada em decorrência das medidas adotadas para prevenção do contágio da Covid-19 (novo coronavírus), durante o período em que vigorar.

Para fazer a solicitação, o trabalhador deve realizar o cadastramento e anexar os seguintes documentos: documento pessoal; Título de Eleitor; comprovante de endereço; declaração de que é autônomo e de que, em razão das medidas decretadas para prevenção do contágio da COVID-19 (novo coronavírus), está impossibilitado de trabalhar e/ou sem renda ou que necessita receber a cesta básica para sua manutenção e/ou de sua família.

O benefício será concedido aos trabalhadores autônomos, como artesãos, ambulantes, microempreendedor individual, taxistas, motoristas de aplicativo, entre outros, e que não tenham uma segunda renda, ou seja, que sobrevivam exclusivamente deste trabalho.

O canal de solicitação é disponibilizado pelo telefone 156, pelo site 156.caraguatatuba.sp.gov.br e também pelos aplicativos para celulares Android e IOS.