Marco Antônio Gênova, pede exoneração do cargo de Secretário

Hoje, o Dr. Marco Antônio Gênova, Secretário Municipal de Saúde de Ilhabela se despede da função que ocupou desde a posse do Prefeito Márcio Tenório.

Marco Antônio foi responsável pela chefia da Secretaria, e colocou em prática importantes serviços para a população como :

  • UTI “Dr. Carlos Deslandes” no Hospital Governador Mário Covas;
  • Climatização das Unidades Básicas;
  • Implantação do horário estendido;
  • Entrega da nova frota da saúde, com 21 novas viaturas, 10 delas sendo exclusivas para o PSF;
  • Plantão odontológico nos fins de semana e feriados;
  • Funcionamento do Programa Melhor em Casa;
  • A criação do Fila Zero, programa criado para acabar com as demandas reprimidas de consultas e exames especializados.

Marco Antônio reafirmou seu compromisso em ajudar o desenvolvimento de Ilhabela, bem como continuar apoiando as ações da administração municipal, comandada pelo Prefeito Márcio Tenório. Abaixo segue, na íntegra a carta com o seu pedido de exoneração:

“Venho através desta, por motivo pessoal, de caráter individual e irrevogável, comunicar a vossa excelência minha exoneração do cargo de secretário municipal de saúde do município. Em primeiro lugar gostaria de agradecê-lo pela oportunidade ímpar de apostar em um jovem, sem nenhuma experiência na área pública para gerir uma pasta tão importante, apesar de ser médico e trabalhar há mais de 15 anos na Saúde do município, conhecer de fato a situação atual da pasta, foi uma experiência imensa e um aprendizado sem precedentes.

Este desafio me fez bem, não me furtei às críticas às vezes justas, outras sem qualquer balizamento, mas enfrentei-as de frente e não me omiti de forma alguma de rebatê-las, contestá-las ou aceitá-las. Formamos, dentro das limitações, uma equipe séria, inovadora e comprometida, que tem como único sentido a melhoria da saúde pública de nossa cidade.

Fizemos nestes quatorze meses uma verdadeira mudança nas estruturas da saúde, e de fato um choque de reorganização na pasta, principalmente na atenção básica e na atenção aos programas federais, em especial aos que não existiam e aos que estavam zerados. Todos foram contemplados. Cumprimos com mais de 80% de nosso Plano de Governo. Um destaque especial para criação da UTI “Dr. Carlos Deslandes” no Hospital Governador Mário Covas, dentro dos 100 primeiros dias de governo, climatização das Unidades Básicas, implantação do horário estendido, entrega da nova frota da saúde, com 21 novas viaturas, 10 delas sendo exclusivas para o PSF, plantão odontológico nos fins de semana e feriados, de fato o funcionamento do Programa Melhor em Casa, a criação do Fila Zero, programa criado para acabar com as demandas reprimidas de consultas e exames especializados.

Além disso, trouxemos novos instrumentos para o hospital, que não via há anos uma renovação no seu contingente de equipamentos, como a sala de tomografia, novos focos cirúrgicos, a recente compra do Arco Cirúrgico, entre outros. Retornamos médicos que o povo ensejava, contratamos novos pediatras e especialistas, implantamos novos médicos emergencistas no PS, sistema de remoção com uma nova ambulância UTI, novo refeitório no Hospital, reforma de Unidades de Saúde, como a do Itaquanduba e da Barra Velha, entre outras.

Novos projetos plantados e outros em execução trarão muitos benefícios a população de Ilhabela, como a futura ampliação do Hospital Mário Covas, novas UBS´s de Castelhanos, da Armação e do Green Park. O novo Centro de Referência da Mulher, que após muitas dificuldades, conseguiremos inaugurar no próximo mês. Além de outros, que foram pré-estabelecidos no Plano Plurianual e no Plano Municipal de Saúde 2018 – 2021, que nortearão de fato as ações futuras da pasta, bastando os órgãos controladores, como o Conselho de Saúde e a Câmara Municipal, fiscalizarem para que estas ações e benfeitorias sejam implantadas na Saúde de Ilhabela.

Por fim, é agradecer a todos os funcionários da saúde, independentemente de serem efetivos ou contratados, de qualquer crença religiosa, independentemente de sua posição partidária ou ideológica, do mais simples servidor ao mais graduado pela atenção a mim dispensada nestes meses, e reagradecer ao prefeito Márcio Tenório e a vice-prefeita Gracinha pela parceria de sempre e a todos que compõem o Governo, a quem desejo toda felicidade do mundo na condução das respectivas pastas.

A todos os vereadores, situação e oposição, com quem mantive uma relação fraterna e de constante parceria, ao Conselho Municipal de Saúde (Comus), agradecer especialmente a minha família, meus pais, meus filhos e em especial minha esposa Flávia, por me apoiarem em todas as decisões, a meus amigos de verdade (que o são independente de cargo) e a equipe da secretaria. Enfim, a todos que dividiram comigo todas as alegrias, tristezas, rancores, decepções e conquistas. Agradecer a população pelo crédito dado, acreditarem na nossa forma de fazer gestão e reafirmar a nossa disposição de continuar servindo em qualquer momento, devotando a ela todos os esforços para melhoria da qualidade de vida e me colocando como amigo em qualquer ensejo ou reivindicação que possa colaborar.

Afasto-me em harmonia e agradecido de ter feito parte de um momento da administração, com cabeça erguida e de voz levantada para assumir outras missões políticas e pessoais, com a certeza da consciência limpa e do dever cumprido, com a convicção plena que o próximo gestor da saúde encontrará uma estrutura bem melhor do que a que recebemos em janeiro do ano passado. Hoje saio da Secretaria, como a pasta mais bem avaliada, que mais executou ações e com 80% do Plano de Governo concluído. Se mais não podemos fazer, não foi por falta de tentativas, não nos faltou disposição. Saio com a certeza inata de que errei muito, mas certamente a vontade de acertar foi muito maior do que os erros cometidos. Assim, encerro desejando a todos que permanece muita sorte e que consigam atender as demandas de nossa população sofrida.

E, com um desejo em especial, o de continuar a ajudar o governo a fazer de fato uma gestão que chegue dentro dos bairros, para aqueles que mais necessitam, e poder permanecer colaborando no dia a dia da Secretaria de Saúde.

Sem mais,
Marco Antônio Gênova”

(Carta protocolada em 02/Abril/2018)