Vereador Vando da Vila trabalha pela acessibilidade em Ilhabela

Parlamentar articula junto ao Executivo criação de Secretaria Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e do Idoso

O vereador Evandro Alves Rodrigues (PP) assumiu a cadeira no Legislativo em setembro do ano passado com o licenciamento do vereador Thiago Santos, o Dr. Thiago (SD) que atualmente está como secretário de Serviços Municipais. Na Câmara, Vando da Vila como é conhecido na cidade, levanta as bandeiras da acessibilidade e da inclusão social, buscando desenvolver projetos, requerimentos e indicações que garantam oportunidades iguais a todos.

Natural de Ilhabela, mesmo antes de ser agente político, Vando (PP) sempre trabalhou pelo social e para este ano planeja atuar também com projetos que incentivem a geração de renda, o desenvolvimento do comércio, a valorização da mão de obra local, entre outros.

Na busca pela garantia dos direitos dos idosos e dos deficientes, o parlamentar pretende indicar ao Executivo a criação de uma secretaria municipal que atenda exclusivamente este público. “Defendo a acessibilidade em um contexto mais amplo, não apenas pontualmente com os pedidos de adaptação de prédios e vias públicas, mas como algo maior. A acessibilidade muitas vezes parece que não faz parte da política. Não gosto nem de falar em inclusão, porque quando falamos em incluir me remete a algo que está excluído, mas os direitos são os mesmos, independente da dificuldade de locomoção”, garantiu.

Recentemente o vereador reconheceu o trabalho da equipe do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas de Ilhabela (CAPS AD) com uma moção de louvor entregue durante uma sessão de Câmara. Há algum tempo, Vando (PP) vem buscando meios para contribuir com as iniciativas do departamento, entre eles está tentando angariar verbas junto a deputados para a aquisição de um veículo para ser utilizado com o transporte de pacientes. “Às vezes vemos um dependente na rua e temos que ligar para o SAMU, seria interessante que eles tivessem essa autonomia”, destacou.

Em pouco tempo, Vando da Vila já comemora o atendimento por parte da Prefeitura de diversos requerimentos, especialmente de um documento em que solicitava a exclusividade nas vagas de estágio no Executivo para estudantes que residem em Ilhabela. O processo seletivo de 2018 já considerou o tempo mínimo de dois anos de residência como requisito para a inscrição. “Essa é uma forma de garantir mais oportunidades e geração de renda para o nosso povo”, enfatizou.

Atualmente o vereador conta com alguns projetos de lei tramitando na Câmara. Entre eles o que prevê a obrigatoriedade dos supermercados e estabelecimentos comerciais similares oferecerem carrinhos de compras com cadeiras de rodas acopladas, proporcionando autonomia aos deficientes físicos. Outra iniciativa determina que todos os assentos do transporte público coletivo de Ilhabela sejam destinados preferencialmente para uso dos idosos, obesos, gestantes, pessoas portadoras de deficiência e pessoas acompanhadas por criança de colo e não apenas aqueles demarcados.

Este ano, Vando também apresentou um projeto com o objetivo de proibir a cobrança da taxa de religação dos serviços de energia elétrica e abastecimento de água, em caso de corte por inadimplência do consumidor.

Outros temas chamam a atenção do vereador, como a necessidade de combater a ocupação desordenada e investir em um turismo de qualidade, além da cobrança por melhorias na travessia de balsas administrada pela Dersa.  “Nosso papel é pensar em projetos que tenham planejamento, para que as ideias possam ser ligadas umas às outras e tragam benefício à população. Meu tempo aqui é determinado, sou suplente de vereador, e por isso estou me esforçando para deixar um legado positivo”, completou.