Cidadãos contribuem com TCE na fiscalização do uso do dinheiro público

Os cidadãos brasileiros estão mais atuantes em relação à fiscalização do uso do dinheiro público. Balanço feito pelo Departamento de Tecnologia da Informação (DTI) do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP) demonstra que, em 2017, a população usou 5 (cinco) vezes mais o aplicativo ‘Fiscalize com o TCESP’ para fazer algum tipo de denúncia que em 2016.

Ao longo do último ano foram registradas 1.183 ocorrências – um aumento de 883% em relação a 2016, quando ocorreram 220 denúncias. Com um total de 531 reclamações, ‘gestão pública’ foi a categoria que apresentou maior emissão de chamados em 2017. Em segundo lugar, aparece ‘transparência’, com 161 queixas, seguida por ‘educação’, com 139 registros.

. Controle social

O aplicativo ‘Fiscalize com o TCESP’ permite que o cidadão utilize smartphones e tablets para enviar informações e reclamações sobre os serviços públicos prestados nos municípios paulistas. Disponível nas plataformas ‘Android’ e ‘IOS’, o app possibilita que os usuários auxiliem na fiscalização do uso do dinheiro público, podendo enviar fotos, vídeos e reclamações sobre setores ligados à gestão pública, saúde, educação, obras, transparência, meio ambiente, segurança e transporte público.

“O aplicativo ajuda a consolidar uma das principais linhas estratégicas do Tribunal de Contas: buscar uma maior aproximação com a sociedade civil e incentivar o cidadão a ser um fiscal do dinheiro público no seu dia-a-dia”, afirmou o Diretor de Sistemas de Informática (DSIS), Ricardo Vaz.

De acordo com o Diretor, os dados encaminhados são georreferenciados, permitindo que o TCE saiba a data, hora e local de onde foram emitidos os chamados. As informações recebidas por meio do ‘Fiscalize com o TCESP’ são, então, enviadas aos setores de Informática e de Fiscalização para análise e cruzamento, podendo subsidiar as ações de fiscalização ordinárias e extraordinárias.

O aplicativo ‘Fiscalize com o TCESP’ é gratuito e está disponível no Google Play por meio do link http://migre.me/wnz9w e pelo App Store no http://migre.me/wnzbc. Desde o seu lançamento, em julho de 2016, já foram efetuados 5.678 downloads.